Desenvolvimento intelectual – expectativas pelas faixas etárias

Conhecer as fases do desenvolvimento intelectual é importante para poder situar e ensinar da melhor forma aqueles com quem você está mediando(acho mais pertinente)/transmitindo(não gosto desse termo) o conhecimento. O paradigma do professor atual não é mais o de transmissor e sim de mediador, aquele que apresenta e interage com o aluno em determinados temas.

De 0 a 2 anos

• Desenvolvimento Cognitivo

Para que a criança desenvolva a inteligência é necessário que haja estímulos para assimilar e acomodar aquilo que aprendeu.

Desenvolvimento Afetivo e Social

No início da vida a criança possui um vínculo muito grande com a mãe e é como se um fosse a extensão do outro. Entretanto, segundo a professora Puça, a mãe ou a pessoa que cuida do bebê aos poucous têm de ir cortando esta relação de dependência, conforme o crescimento, para que não cresça e vire um adulto “bebezão”.O Brincar é uma das grandes formas do estímulo durante o crescimento.

Desenvolvimento da Línguagem

O adulto é um reflexo do que foi na infância, por isso é necessário cortar certas manha e birras, e como já foi exposto em outra aula a maneira de falar deve ser transmitida pelo adulto para a criança da mesma forma como é utilizada, nada de mamã, gagau…

Nesta fase a criança já está no Período pré-operatório por isso, o ideal é trabalhar as formas corretas de pronunciar as palavras.

A criança começa a perceber que não é uma extensão do outro.

Na escola nos primeiros dias irá chorar, mas deve ser estimulado a ficar, pois logo irá conquistar a independência.

É hora da internalização das normas. Na escola durante as brincadeiras mais brigam do que brincam e os professores devem saber mediar essas situações de conflitos que se tornarão situações de aprendizagem das normas e regras do bem viver em sociedade.

De 3 a 5 anos

Período de desenvolvimento da linguagem, da leitura e escrita, bem como o afetivo e social, a escola é onde acontece a socialização da criança e nesta fase as influências dos professores e dos amigos estão muito fortes. As amizades e interesses vão mudando muito  rápido. Os  de jogos de equipe e com regras já fazem parte desta fase.

  • Desenvolvimento da linguagem, da leitura e escrita;

  • Desenvolvimento afetivo e social;

  • Período de socialização na escola;

  • Sofre influências dos professores e dos amigos;

  • As amizades e interesses são transitórios;

  • Assimilam melhor os jogos de equipe e com regras.

  • DE 5 A 12 ANOS

    – Sai os primeiros de dentes permanentes;

    – Passa a ter consciência das mãos, ou seja, controle motor. Atividades lúdicas que movimentem o corpo são aconselháveis.

    – + ou – aos 12, início da puberdade. Fase da ebulição hormonal, instabilidade. Esta fase aparece mais cedo nas meninas graças aos seios, cheiros, mudança no corpo que causam sofrimento.

    – Algumas meninas ficam recatadas, já outras querem mostrar as mudanças.

    DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM

    – Devem-se explorar bastante os trabalhos de produção de texto, escrever sobre as vivências.

    – Início da leitura e da escrita;

    DESENVOLVIMENTO COGNITIVO

    – Explorar o raciocínio através de situações palpáveis;

    Segundo Piaget – o ponto para a aprendizagem é o desequilíbrio. Isto é: O confronto com a realidade pode levar ao desequilíbrio, ao conflito. Segundo Piaget, o desequilíbrio surge na fase entre a assimilação e acomodação. O conhecimento é apreendido no momento da reequilibração, ou seja, da superação dos desequilíbrios.  Tanto os conflitos quanto os desequilíbrios que nos têm ocupado provêm essencialmente da conceituação das ações, portanto, da compreensão das situações.

    DESENVOLVIMENTO COGNITIVO

    – Minutos de descontração devem ser combinados;

    –Influências sociais: o professor é ídolo, mas o referencial pode ser positivo ou negativo (dependendo da sua conduta);

    – A instabilidade emocional faz com que interesses se modifiquem muito rapidamente, por isso pode atrair a raiva de outros colegas.

    O Brincar

    – Trabalhar as regras, estas devem ser cumpridas.

    Adolescência que vai entre os 12 a 18 anos.

    Mudanças físicas, sociais e intelectuais, – Crescimento acelerado.– Apego a pessoas do mesmo sexo– Desenvolvimento atlético e escolarNessa fase que os pais ou responsáveis devem estar muito atentos aos seus filhos, pois é podem estão abertos as novas descobertas e giram em torno deles a influência dos amigos, correndo o perigo de adquirirem vícios como tabagismo, drogas, alcoolismo e doenças como anorexia, obesidade.

  • Mudanças físicas, sociais e intelectuais;

  • Crescimento acelerado;

  • Apego a pessoas do mesmo sexo;

  • Desenvolvimento atlético e escolar;

  • Requerem maior atenção dos pais ou responsáveis por estarem abertos as novas experiências;

  • Sofrem muitas influências dos amigos;

  • Idade propensa para adquirirem vícios, tais como tabagismo, drogas, alcoolismo e doenças como anorexia, obesidade.

  • About these ads

    2 Respostas to “Desenvolvimento intelectual – expectativas pelas faixas etárias”

    1. valdilene Says:

      meu filho tem uma sindrome chamada bardet bield retinose piquimentar, o oiftalmologista falou que alem da deficiencia visual ok mas preoculpa e lado intelectual como entao e uma crianca hoje com 9 anos como ele pode ser na adolecençia ou adulto.

    2. marcos a Says:

      eu sou um mas bem remunerado isso me facina e me espira

    Deixe uma resposta

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s


    Seguir

    Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

    %d blogueiros gostam disto: